/eks waɪ ədˈventʃərəs/

HomeParceriaO AutorA HistóriaContatoCapítulosPersonagens (S01 - S02 - S03)

Season 3 — Capítulo 04

Naquela manhã ensolarada, o grupo que incluía Y, Calem, o Trio Risadinha, Matt, Zack e Wood  se reuniram em frente a escola. Pareciam absortos em suas conversas até que decidiram por fim, o método pelo qual iriam viajar. Contaram suas moedas (e não eram poucas) e então o grupo partiu com grande animação em direção a Lumiose City, para executar o que eles chamavam de "o super hiper ultra secretíssimo Projeto Ômega". À Princípio, esperaram uma meia-hora parados embaixo de uma bela sombra de macieira, depois pegaram um ônibus que os deixou na entrada da cidade-símbolo de Kalos e se foram, rumo a um dia inteiro de férias, sol, comida francesa e é claro, muita diversão. 

POKÉMON XY ADVENTURES APRESENTA:

Season 3 — Capítulo 4
Ω Tempestade Elétrica: VS Clemont I

Às dez horas daquela bela manhã, o grupo chegou a um café no interior de Lumiose, um lugar bastante conhecido de Y, onde ela conseguiu seu primeiro emprego. Sentaram-se a uma grande mesa circular na calçada e começaram a fazer o pedido, protegidos do sol por um enorme guarda-sol que começava no chão.
        — Ah... Há quanto tempo eu não venho aqui! — Exclamou Y, que admirava-se com uma garçonete nova que provavelmente entrou depois que ela se demitiu. — Como vai o Senhor Barot? — Ela perguntou à garçonete, que agora anotava o chococcino de Trevor.
        — Você conhece ele? — ela se admirou. — Ah, está muito mal pra cuidar dos negócios. Deixou o cargo para o filho Bartolomeu.
        — O Coração outra vez?
        — Não, dessa vez é uma maldita hérnia!
        — Ele se queixa dessa hérnia desde que eu trabalhava aqui. — terminou Y, com um olhar amplo para todos os que estavam na mesma.
        — Tudo bem... São dois capuccinos, três chococcinos, três cafés coloniais e oito pastéis doces com petit gateau, certo? — A jovem garçonete, que não devia ter mais do que 15 anos dirigiu-se a todos os que estavam ali.
        — E mais um croissant recheado! — Acrescentou Trevor.
        — Ceeeeerto. — Ela arrastou o "e" enquanto anotava o pedido em um bloquinho de folha reciclada. — Dentro de 20 minutos está tudo pronto! Desculpem pela demora, mas desde que o senhor Barot se ausentou, isso aqui virou uma bagunça.
        — Se o vir... — Y segurou o braço da garçonete antes que ela se afastasse. — ...Diga que a "Nath" manda lembranças! — E piscou para a garçonete, que entendeu como um bom sinal e se afastou para entregar o pedido na cozinha.
        — Então, Y... — Calem mudou de assunto. Estava curioso quanto ao que seria feito durante o dia. — O que é que você preparou pra gente?
        — Ah. Bem, não pensei em nada demais para a viagem, mas como todos sabem, ou pelo menos devem saber, Lumiose é uma cidade gigante, que leva para diversos caminhos dentro de Kalos. Daqui podemos prosseguir pra diversas rotas e podemos parar em diversas outras cidades, por isso, decidi que este seria nosso ponto de partida. — Explicou-se a garota, que meio que se sentia constrangida com todos olhando diretamente pra ela enquanto ela falava, ainda que se conhecessem há tanto tempo.
        — Eu ouvi dizer que há uma loja por aqui onde eles fazem penteados nos Pokémon! — Shauna procurou pela rua com o olhar, indicando o lado esquerdo da travessa. — Seria legal se passássemos por lá!
        — Lumiose também tem inúmeros salões de beleza! — Trevor agarrou os cabelos fininhos, que voavam com o vento. Seria bom aparar as pontas e é claro, comprar umas roupinhas novas, afinal, não é todo dia que a gente pode vir pra Lumiose!
        — Ouvi dizer que a cidade é tão grande que eles alugam Gogoat pra gente poder se locomover aqui dentro! — Tierno parecia fascinado com a ideia. — Skiddo e eu podemos treinar... e depois procurarmos uma academia! Não sei como é que vocês me convenceram a pedir petit gateau! Tem muitos carboidratos e--
        Antes que o papo chato de vida saudável continuasse, Wood antecipou-se:
        — Meu Blastoise está sedento por uma boa batalha! Acho que vamos procurar o Battle Institute!
        — O Laboratório do Professor Sycamore fica por aqui, não fica? — Matthew parecia concentrado, limpando o vidro da pokébola de Sylveon com a camiseta, mas mesmo assim, continuou falando. — Seria uma oportunidade e tanto irmos lá!
        — Ah, o que é isso? — Zack admirou-se. — Podemos ir à Poké Ball Boutique!
        — Olha, temos tantos lugares pra ir... — adiantou-se Y antes que virasse uma discussão. — ...que é melhor nos separarmos! Cada um vai pro seu canto! Nos encontramos aqui na frente do Café às 8 horas, pra sairmos em busca das Mega Pedras. E o mais importante: descansem no Centro Pokémon, pois hoje vai ser um dia difícil!
        — E onde é que você vai, Y? — pergunta Calem com aquele seu típico olhar de Lillipup abandonado.
        — Eu pensei em ir ao ginásio!
        — O.k. Eu vou com você! — E deu um sorrisinho pra garota, que retribuiu imediatamente com um maior.
        O pedido não tardou a chegar e eles se deliciaram com seu petit gateau de chocolate derretido. Os garotos dividiram-se para pagar a conta das garotas e todos então seguiram um caminho diferente, cada um com um destino em mente. Por sorte, em cada esquina haviam pessoas entregando folhetinhos com o mapa da cidade. Y pegou um e, junto com Matthew, decifrou-o, finalmente dirigindo-se ao extremo centro da cidade, onde localizava-se o ginásio.
        — Bem, aqui diz que devemos dobrar na próxima e... Ah, sim! Eu já posso ver a torre! Olha lá, Calem! — Y apontou animada para uma enorme torre que ficava exatamente no encontro de todas as ruas da cidade e onde era, intencionalmente, o ginásio da cidade.
        — Vamos correndo pra lá! — Calem disparou na frente de Y, que o seguiu às gargalhadas, aumentando seu ritmo de locomoção.
        — Espera! — A garota facilmente perdeu o fôlego, mas Calem não lhe dava chances. 1 Seu filho da mãe! Espera!
        — Vem me pegar! — Calem provocou com aquele olhar de gavião que só ele sabia fazer... Mas mesmo assim o garoto parou, agora quase chegando à porta do ginásio, no pé da torre.
        — Seu bobo!
        — Ei! O que é isso? — Calem chegou à torre, onde havia um anúncio pregado na parede metálica. Imediatamente o passou para Y, que vinha correndo pra tentar acompanhá-lo.
        — Novo Ginásio...? Mas como assim?
       O cartaz feito em letra de computador exibia a foto de uma garotinha ao lado de três pokémons do tipo elétrico: Lanturn, Flaaffy e Manectric, onde era possível ler:

Novo Ginásio de Lumiose!
Gym Leader Bonnie Miare, Especialista em Tipos Elétricos
Insígnia recentemente oficializada pela Liga Pokémon de Kalos!
Localização: Verneal Avenue, ao lado da Herboriste
Espero você lá! :D        

       — Bem, isso quer dizer então que o Ginásio daqui fechou? — Perguntou Y sem se referir a ninguém especificamente, quando uma voz lhe respondem às suas costas.
       — Não exatamente... Lumiose agora tem 2 ginásios! O meu... e o da minha irmã!
       Y virou-se rapidamente e viu quem estava ali parado. Era um cara alto, de cabelos louros um tanto rebeldes, óculos redondo e embaçado, usando um macacão azul e uma mochila pendurada nos ombros. Tinha um perfume bom e impregnante, e suas mãos calejadas eram tão grandes que dava quase duas das de Y. Os tênis, que protegiam pés tamanho 42 eram completamente surrados e a barra das calças estava completamente esfarrapada, desfiada. Aquele era o Gym Leader de Lumiose, o tão conhecido Clemont Miare.
       — Clemont, que bom te ver! — A garota abraçou o Gym Leader, que ficou completamente sem jeito, com o rosto mais do que quente e os óculos mais do que embaçados. — Calem, este é Clemont! Ele foi... Bem, ele é meu amigo de infância, assim como Shauna! Mas é mais velho! Está com quantos anos?
       — Dezenove... — O Gym Leader ficou mais sem graça ainda ao apertar a mão de Calem com as suas, que eram bastante crescidas.
       — A gente brincava em torno da torre do ginásio, lembra? Ah... Bons tempos! — Y parecia penetrar em lembranças há muito esquecidas, com um ar sonhador. — Mas e aí? Que história é essa de dois ginásios?
       — B-bem... Minha irmã, Bonnie, você deve se lembrar dela, queri por que queria que eu passasse a posse do ginásio pra ela. Mas eu propus um desafio pra ela, e ela venceu. No entanto, quando eu fui dar o ultimato, na batalha final contra ela, valendo o cargo de Gym Leader, deu empate.
       — Entendo...
       — Bonnie então achou que, como deu empate, nós dois estávamos no mesmo nível, e se mudou para a Verneal Avenue, abrindo o seu próprio ginásio. E Infelizmente, isso quer dizer que todos os treinadores estão indo ao ginásio novo e não ao velho e desbotado que todo mundo já conhece aqui.
       — Ah, Clemont.
       — Mas você ainda aceita desafios, não aceita? — Calem pronunciou-se pela primeira vez.
       — Ah, claro que sim! Eu inclusive andei fazendo alterações em meu time pra diferenciá-lo ao máximo do time da Bonnie, já que ambos somos especialistas em tipos Elétricos! Por que? Você gostaria de batalhar contra mim? É Calem, né?
       — Eu não, mas...
       — EU vim te desafiar, Clemont. — Y começou a rir sozinha, maquiavelicamente. — Eu espero que esteja preparado para um 3x3!
       — C-claro! Sigam-me! — E gaguejando, o líder foi-se para dentro da torre, que era incrivelmente tecnológica.
       Passaram por alguns elevadores, umas escadas de metal que faziam barulho ao pisarem, apanharam umas frutas na cantina e então dirigiram-se ao último andar, bem no topo da torre, onde ficava a arena.
       — A Batalha entre o Gym Leader Clemont Miare, da cidade de Lumiose e a desafiante Natalie Yvelgress está para começar! Por favor posicionem-se em seus lugares! — anunciou e em seguida ordenou o árbitro, um homem de uns 25 anos, aproximadamente, com músculos mais do que definidos usando uma regata vermelha daquelas em que as costas ficam praticamente de fora e calças do quartel.
       — Y, eu não vou facilitar só porque você me conhece desde que eu usava fraldas! — Clemont começou a rir sozinho enquanto posicionava-se do lado oposto do campo, já pegando sua primeira pokébola.
       — E quem disse que eu quero facilidade? — Y lançou um olhar desafiante pro outro lado do campo.
       — As regras são simples! — O árbitro começou o discurso pré-batalha. — Três Pokémons para cada lado! O Gym Leader não pode fazer substituições, mas a desafiante sim. O uso de itens medicinais e de qualquer outro tipo está completamente liberado e a batalha só termina quando os três pokémons de um lado estiverem completamente nocauteados. Entenderam?
       Y e Clemont acenaram com a cabeça ao mesmo tempo, dizendo que sim. O árbitro então continuou a falar:
       — Podem começar!
       — Como Gym Leader, o meu dever é mostrar o meu pokémon primeiro! E eu creio que este aqui você já conheça! Vai, Luxray!
       — Ah, não me diga que esse é o Shinx?
       — É ele mesmo, não é amigão? — Clemont fez carinho na enorme juba negra do pokémon ali parado, que começou a ronronar feito um Meowstic. — Lembra-se da Y? Olha só pra ela!
       Luxray balançou a cabeça afirmativamente, o que deu a entender que ele se lembrava da garota.
       — Bom, se você vai usar o Shinx, quer dizer, o Luxray, então eu vou usar o... Miltank! Vai!
       — Um tipo Normal? Isso é incomum... — Começou Clemont, mas no instante seguinte, Y já estava explicando.
       — Eu só quero testar a sua força, Clemont. Eu tenho Pokémons melhores, mas não sei o quanto você evoluiu desde que era apenas um treinador iniciando sua jornada!
       — Muito bem então. O primeiro movimento é da desafiante.
       — Ceeeeerto. — Y puxou o "e" igualzinho a garçonete havia feito lá no café. — Miltank, use Tackle!
       Miltank avança rapidamente, acertando seu corpo contra Luxray, que parece aguentar perfeitamente o golpe...
       — Luxray, use Shock Wave!
       O pokémon dispara uma rajada de eletricidade em um tom de azul muito vivo, golpeando Miltank em cheio.
       — Mil... — O Pokémon, meio cambaleando, se levanta, com sede de luta.
       — Y, ele é muito poderoso! Troca de pokémon! Você nem treinou a Miltank direito e--
       — Calma, Calem! Eu sei o que estou fazendo! Miltank, Rollout!
       O tipo normal atirou-se no chão e começou a rolar em alta velocidade, avançando contra Luxray, que permanecia imóvel do outro lado do campo.
       — Ahá! Luxray, salte e use o Iron Tail!
       Com um salto, Luxray evita o golpe de Miltank e energiza rapidamente sua cauda, tornando-a dura e pesada como metal, descendo novamente de sua subida em direção ao pokémon de Y, que continuava rolando lá embaixo.
       — Miltank, cuidado! — Alerta Y, fazendo o pokémon entender imediatamente o que estava acontecendo.
       — Tank!
       — GOLPEIE! — Vociferou Clemont, que parecia demasiado excitado com a perspectiva de batalhar contra Y.
       E Luxray desce com tudo, acertando sua cauda férrea no chão, passando milímetros de Miltank, que foi avisada bem a tempo por sua treinadora.
       — Lux!
       — Droga... — Clemont agora parecia frustrado. Como que o golpe não acertara Miltank?
       Nisso,  uma nuvem de poeira veio se aproximando do outro canto da arena e Miltank ressurge, rolando como um rolo compressor pra cima de Luxray, que, demasiado boquiaberto com a falha de seu último golpe, é pego desprevenido, lançando ao léu um rugido leonino.
       — Ela é rápida! — Clemont surpreendeu-se com sua oponente. Pensara que Y era a mesma garotinha de tempos atrás, mas percebeu que estava enganado. Muito enganado.— É, acho que é melhor mudarmos um pouco a situação... Hahahahahah! — E então o líder começou a rir feito louco.
       — Miltank, Rollout mais uma vez!
       E lá vinha Miltank, eu seu rolo compressor mais uma vez, avançando muito rapidamente contra Luxray... 
       — ELECTRIC TERRAIN! — Gritou Clemont, que ainda estampava um sorriso sinistro no rosto.
       E foi então que tudo começou.
       Uma explosão de fagulhas surgiu por todo o campo. Pra onde se olhava vinham faíscas de um brilho amarelado e Luxray estava lá, parado com aquele olhar penetrante. Imóvel, apenas sentindo as ondas da tempestade elétrica penetrarem seu pelo e avançarem pra dentro de suas próprias veias. Enquanto isso, Y se contorcia, sentindo seus pés vibrarem enquanto tudo ao redor se fechava em um círculo amarelo, como um enorme campo de força colorido e também perigoso sobre o campo de batalhas.
       — O que ele está fazendo? — Y cochichou para Calem, mas o garoto parecia demasiado ocupado tentando livrar-se da eletricidade que agora avançava até ele pelo chão.
       — Ora, ora... Quem diria, Y? Você não sabe o que fazer? Vejamos... Acho que o Luxray quer me dizer algo? Ah, o que? — Clemont abaixou-se perto do seu pokémon, como se ele fosse dizer alguma coisa mesmo. — Aaaah, sim. Ele diz que você vai perder.
       — Sai pra lá! Eu não vou perder coisa alguma. Miltank, Rollout!
       — Shock Wave! — Ordenou calmamente o Gym Leader.
       E Luxray dispara sua onde elétrica mais forte do que nunca, a eletricidade transbordando dentro da bolha amarela e o poder, intensidade e precisão do golpe ampliados em 50%.
       — Miltank, esquive-se! — Gritou Y, mas o pokémon parecia preso ao chão pelas faíscas que agora tinham meio metro de altura.
       E o choque atingiu o tipo normal da cabeça aos pés, fazendo Miltank tremer e arrepiar o pelo. Dois segundos depois, ela estava deitada no chão, eletrocutada e praticamente sem mais nenhuma gota de HP. Entrara no vermelho de uma só vez, e parecia exausta e ferida demais pra continuar...
       — Miltank... Obrigado, você foi muito boa!
       Y apontou a pokébola de Miltank para o pokémon, mas este simplesmente recusava-se a voltar, inibindo o raio vermelho de retorno com a ponta dos chifres. E, com muito esforço, sentou-se e então levantou-se. Miltank estava bem e pronta pra detonar.
       — Ora, eu já previa isso! Nunca que iríamos derrotar um pokémon tão bem treinado com apenas dois Shock Waves! Mas eu já estava esperando por isso, como acabei de dizer, e eu acho que o Luxray também! Thunderbolt!
       Luxray começa a brilhar em tom diferente e a eletricidade que envolvia seus pelos agora era puramente amarela, e não azul como foi com o Shock Wave. E, para o desagradável espanto de Y, as faíscas multiplicavam-se tão rápido que já estavam voando na forma de uma rajada elétrica.
       — Rollout! — Gritou Y para Miltank, que rapidamente enrolou-se e começou a girar pelo chão eletrificado, evitando o disparo de Luxray por uma, duas, três vezes consecutivas, antes de conseguir engatar a marcha e voar pra cima do tipo elétrico.
       — Luxray, acerte!
       Mas Luxray não parecia apto a disparar mais um golpe contra Miltank, pois com grande velocidade a pokémon do tipo normal já havia esquivado de todos os seus feixes e agora o acertava com a força de um tijolo bem na cara, empurrando-o pra longe.
       — Tackle, agora!
       Miltank, que agora havia acertado Luxray, rapidamente parou e girar e, mesmo sem se recuperar da tontura, avançou mais uma vez, desta vez usando o peso do próprio corpo a seu favor.
       — Mil, Mil! — Miltank agora golpeava Luxray mais veloz ainda, desprezando a tentativa do tipo elétrico de se levantar.
       — Vai, Y! Mostra quem é que manda! — Calem agora era o que mais parecia excitado com a luta, olhando para Luxray e então para Miltank de segundo em segundo.
       — Hmm...
       Clemont e Y trocavam olhares de rivalidade, e Calem podia girar ter visto faíscas que não pertenciam ao Electric Terrain percorrerem o campo.
       — Estou quase lá! — Clemont sorriu pra Y. — Mais um movimento tipo elétrico super carregado pelo campo elétrico de Luxray e sua Miltank já era.
       — Acho que você não ouviu o que eu disse anteriormente. — Y agora esbanjava um olhar de inteligência, como se tivesse uma estratégia extremamente calculada já pronta em sua mente. — Eu estou testando a sua força! Não sei o quanto você ficou poderoso desde nossa última batalha, por isso enviei um dos últimos pokémons que peguei para o campo, ou seja, um dos que está menos nivelado e um dos menos treinados. VOCÊ AINDA NÃO VIU NADA!
       — Ah, eu duvido muito! Luxray, use--
       — HEAL BELL! — Berrou Y, fazendo com que Miltank automaticamente começasse a dançar pelo campo de batalhas, entoando uma linda canção de olhos fechados e com a cauda brilhando em um tom de azul.
       — Está... SE RECUPERANDO? — Clemont ficou pasmo. Não esperava por uma dessas.
       — Sim! E todo o meu time também, ou seja, estamos mais do que preparados para o que der e vier! — Agora foi a vez de Y dar uma risada sinistra, como se estivesse possuída. E de fato estava, mas não por um espírito, espectro ou qualquer outra coisa sobrenatural, mas por um desejo ardente de vencer aquela batalha.
       — Luxray, temos que acabar com isso o mais rápido o possível! Essa Miltank é forte demais! Use Iron Tail!
       Luxray salta mais uma vez, transformando sua cauda em ferro, mas desta vez, Y já estava bem preparada.
       — Vamos usar o mesmo golpe, Miltank! Iron Tail!
       E Miltank surpreende mais uma vez, fazendo o queixo de Clemont cair lá em baixo. Ela agarrava sua cauda com força, transformando apenas a pontinha dela em ferro, mas com força e intensidade o suficiente para combater a cauda de Luxray, que agora colidia na dela, fazendo um barulho insuportável de metal como duas espadas.
       Mas Miltank é mais ágil do que Luxray e em vantagem por seu bípede, ao contrário do tipo elétrico, que não pode levantar-se e segurar a própria cauda com as mãos, e acerta Luxray bem na cabeça, deixando um galo no lugar onde anteriormente fora um mar de juba negra.
       — Tank!
       — LUXRAY! — Clemont gritou, mas o tipo elétrico já estava no chão, uivando.
       Então as faíscas ao redor do campo parecem recuar e finalmente se desfazem, liberando o domo em torno de todos ali presentes e desfazendo os efeitos de ampliação de golpes tipo elétricos que tinha sobre Luxray.
       — Miltank, avance mais uma vez com o Tackle e acabe com ele!
       O tipo Normal então avança ganhando velocidade e se atira por cima de Luxray, que dá um último uivo e então desaba de vez sobre no chão, não resistindo à luta.,
       — Lux-- @-@!
       — Essa não! Luxray! — E o Gym Leader Clemont corre até seu pokémon, que jazia nocauteado no piso. — Ah, volte... Você fez um ótimo trabalho! Agora aproveita e descansa, o.k.?
       E o pokémon retornou em um jato de luz vermelha que absorveu seu corpo e o enviou diretamente para as entranhas de sua pokébola.
       — Clemont... — Y chamou o líder com um sorriso abobado no rosto. — Se te perguntarem quem é a protagonista de fanfic mais Diva de todas, diga a verdade, diga que sou EU. — E piscou para o líder, mas ele não achou graça alguma. Pelo contrário. Pegou sua próxima pokébola e preparou-se para lançá-la ao alto.
       — Essa batalha ainda não acabou, Natalie! E ainda tá muito longe você me ganhar!

Continua...


Pokémon XY Adventures || Nothing Lasts Forever and Ever (Season 3) – Janeiro de 2014 – A cópia ou redistribuição desse material é totalmente proibida.
Pokémon e todos os respectivos nomes aqui contidos pertencem à Nintendo.

Ao escrever a fanfic o autor não está recebendo absolutamente nada, ou seja, não há fins lucrativos e nenhuma obtenção de lucro com a escrita dessa história. A fanfic foi projetada apenas como uma forma de diversão, de entretenimento e passatempo para outros fãs de Pokémon. ~

4 comentários:

Shiny Glɑceon™ said...

Finalmente coloquei minha leitura em dia com a sua fic *pausa para aplausos* eu gosto imenso da sua história, o toque mais teen dá um diferencial importante em relação a outras fanfics de aventura, o eles terem outros trabalhos e tal, gostei imenso disso, a língua portuguesa é bem utilizada, você tem um vocabulário imenso e isso promove uma leitura agradável para o leitor.
O capítulo em si foi muito bom, parece que terá uma rivalidade entre irmãos pelo ginásio da cidade, achei isso interessante e fiquei curiosa para saber mais sobre a Bonnie, o combate foi bem interessante, gosto muito da Y embora eu torcesse para o Luxray destruir a Miltank, nada contra a Y, mas odeio a Miltank desde que combati com a Whitney em Pokémon Crystal, ela me destruiu varias vezes com o seu rollout e desde então tenho ódio por esse Pokémon >:( kkkkk no final ela conseguiu vencer o Luxray, mas como Clemont disse, isto ainda não acabou, espero que a Miltank perca no próximo, mas com vitória para a Y claro :v

Kevin Fahrenheit said...

Ah, achou onde vc tinha parado? rsrs É, eu sei. Tem muuuito capítulo, mas eu simplesmente não consigo fazer poucos. :v Parece que eu tenho uma necessidade urgente de estar sempre acrescentando mais e mais detalhes à história.
Bem, na verdade eles estão só estudando agora. Y saiu do seu trabalho no Café de Lumiose durante a Season 1 pra acompanhar o X em sua jornada. Embora eu ache que caçar Mega-Pedras já seja SIM um trabalho, mas eles não estão ganhando nada por isso, apenas "poder".
Outra coisa: muito obrigado pelos elogios. Eu tento sempre ler um livro e outro e a gente sempre aprende palavrinhas novas com uma leiturinha básica.
Quanto aos irmãos Gym Leaders (Bonnie e Clemont), não são esses Irmãos que vão realmente "rivalizar". Bonnie já apareceu durante a "Season 2.5" e ela estava bem agitada para ter a batalha contra Clemont, mas quando Y chega em Lumiose para sua batalha, Bonnie já tinha empatado com seu irmão e fundado o próprio ginásio "oficial". Enfim, eles vão voltar a aparecer, mas existem outros irmãos que ainda vai dar muito no que falar.
E sim, eu sei. Muita gente odeia a Miltank por causa da Whitney (E agora que você falou, parei pra pensar: Ela tem uma Miltank e uma Clefairy, dos tipos Normal e Fairy, respectivamente. Como será que vai ficar agora depois da introdução do novo tipo??)
E mais uma vez sim: Essa luta ainda não acabou e as coisas podem começar a ficar mais selvagens e violentas conforme os capítulos vão passando. O #5 já foi postado, espero que você leia (e comente, ashuashuash :v), pois é bem importante para o futuro da jornada do Projeto Ômega, e é claro, ele encerra esta disputa contra Clemont, de um jeito bem... "descontrolado". Enfim, leia e depois me conte o que achou.
Obrigado por comentar e... É realmente muito bom que você tenha gostado da fanfic! ^^

Anonymous said...

LEGAL ESSA FANFIC

Kevin Fahrenheit said...

Muito, muito, muito obrigado!! <3

Post a Comment

Por Favor, não xinguem, não briguem, respeitem a opinião dos outros e façam somente críticas construtivas

#Kevin_

Free Pikachu 2 Cursors at www.totallyfreecursors.com